História dos Videojogos Portugueses
Ref: engageLab_proj_2009_003

O projecto História dos Videojogos Portuguese iniciou-se em 2009 com o objectivo de criar uma base de conhecimento de referência sobre a história dos videojogos em Portugal. O resultado da investigação realizada será publicado no formato livro durante o primeiro semestre de 2013 a publicar pela FCA - Editora de Informática

A motivação deste projeto prende-se com a constante dificuldade em conseguir obter informação sobre a área em Portugal, sobre a ausência de registos estruturados sobre o que se fez no nosso país nos últimos 30 anos. Mais que tudo, o desenvolvimento de videojogos em Portugal tem sido feito na base de projetos pontuais, sem continuidade, e acreditamos que em grande parte devido à falta de uma estrutura agregadora nacional.

O projeto terá uma incidência maioritária sobre os aspetos de desenvolvimento de jogos nacionais, criados a partir de qualquer linguagem informática e que tenham sido comercializados ou não. Para além disso serão apresentados também algumas variáveis da evolução e desenvolvimento da cultura internacional e nacional de videojogos. A cronologia avaliada decorre sobre os últimos 30 anos, entre 1982 e 2012.

Se possuir informações sobre produções nacionais, não hesite em contactar-nos: nzagalo@gmail.com.


Nuno Miguel Almeida, Play for Peace, ZX Spectrum, 1988

Rui Jorge dos Santos Curado, LABO, Linguagem Pascal, 1990

Luís Filipe Cerdeira da Silva, Matrecos, Gwbasic compilado, PC, 1990

Paulo Laureano e Francisco Cordeiro, Total War, Amos 1.3, Amiga 500, 1992